top of page

De 11/2 a 12/3: A dança celestial entre Marte e Vênus


A dança celestial entre Marte e Vênus | Márcia Fervienza Astrologia | Rio de Janeiro

Marte e Vênus começaram a caminhar juntos no céu ao redor de 11/2, fizeram conjunção exata dia 16/2 (no dia da Lua Cheia em Leão) e continuarão juntinhos até 12/3, depois de fazerem mais uma conjunção exata no grau 0 de Aquário, no dia 6/3. Além disso, três dias antes, no dia 3/3, ambos encontrarão Plutão. Mais transformações e inícios a caminho?


Esse movimento dos dois, por quase um mês, é relevante para a gente porque é incomum. Quando Vênus e Marte se encontram no céu, geralmente eles dizem um rápido "olá" e se separam novamente! Desta vez, no entanto, está sendo diferente porque Vênus está caminhando mais lentamente, o que permite que Marte acompanhe seu ritmo. Vênus ainda está se recuperando de sua recente retrogradação (entre 19/12 e 29/1, no signo de Capricórnio) e está gradualmente reassumindo sua velocidade cruzeiro.


Podemos pensar nos simbolismos deste aspecto desde diversas perspectivas. Uma delas seria, obviamente, estarmos reavaliando nosso vínculos afetivos. Com ambos no mesmo signo e caminhando juntos, quiçá fique mais claro para a gente tanto as qualidades contrastantes quanto as harmonizadoras de nossas relações, nossos valores, nossas finanças e nossa autoestima.


Claro que esse processo vem em curso desde 11/12, quando Vênus e Plutão fizeram a primeira de 3 conjunções (a segunda em 25/12 e a última em 3/3). Vênus-Plutão por si só já fala de reavaliação de valores, relacionamentos e finanças. No meio do caminho, Vênus ficou retrograda (de 19/12 a 29/1). E agora Marte e Vênus estão caminhando lado a lado. Não sei você, mas eu tô achando que o Universo está realmente querendo que a gente reveja nossos valores, finanças e vínculos. z


Enquanto representante dos nossos valores, podemos pensar na retomada gradual de velocidade de Vênus depois de sua retrogradação como representante de um processo emergente para cada um de nós redescobrirmos, aprimorarmos e aprofundarmos a incorporação de nossos princípios fundamentais em todas as nossas relações, e em todas as partes da nossa vida.


E com Marte bem ali como seu companheiro de viagem, o simbolismo poderia ser: “Ei, que tal incorporarmos essas novas crenças de forma prática e concreta, colocando-as em AÇÃO? Vambora ser um representante vivo daquilo que acreditamos?” Se deixarmos que este pensamento nos inspire durante esta segunda quinzena de fevereiro, quem sabe os milagres que poderemos realizar dentro de nós mesmos, e na matéria?


Claro, com Marte, sempre corremos riscos de cair em excessos, especialmente agora que ele está exaltado no signo de Capricórnio. Por outro lado, Vênus (que geralmente é mais suave) não está tão doce neste signo cardinal de terra. Ela está tendo que ser forte, mas está apostando num projeto de longo prazo (o projeto de Marte), apesar de se sentir sozinha e carente. A dinâmica interessante entre esses dois planetas durante o restante do mês, e além, pode muito bem invocar uma conversa interna onde, por um lado, estamos motivados e impacientes para agir enquanto, por outro, estamos carentes e precisando de colo.


Se for esse o caso, é importante nutrir o lado venusiano da equação, para remediar aquelas áreas dentro de nós mesmos onde nos sentimos inseguros de nosso valor. Por outro lado, nos sentimos eficientes e realizadores quando superamos obstáculos e alcançamos nossas metas, o que significa que a solução não é desistir e se entregar a necessidade de colo, mas persistir no seu propósito, validando necessidades aparentemente contraditórias também.


Uma abordagem interessante poderia ser: onde houver conflito interno, tente ser gentil consigo mesmo e se oferecer amor. Se só o seu amor por si mesma não for suficiente, peça o que precisa e veja o que acontece...

Talvez este seja o verdadeiro presente desta conjunção estendida de Marte e Vênus em Capricórnio: ela nos dá uma janela estendida de tempo para permitir que uma nova base seja formada dentro de nós mesmos, que nos fortalecerá para poderemos externalizá-la em nosso mundo e em nossos relacionamentos uns com os outros.


Como sempre, ajuda muito ser gentil consigo mesmo. As tensões do mundo já estão bastante complicadas por si só. Por isso, é importante dar a si mesmo o dom da graça e da aceitação enquanto nos esforçamos para nos curarmos mutuamente e nos esforçamos para lembrar a beleza divina de reside em cada um de nós.


Você sabe qual o signo da sua Vênus e do seu Marte? Quer entender melhor como eles funcionam? Eu tenho uma playlist inteira sobre Marte e Vênus nos signos no meu canal do YouTube. Clica aqui para dar uma olhada!

Posts recentes

Ver tudo

コメント

5つ星のうち0と評価されています。
まだ評価がありません

評価を追加
bottom of page